Prefeitura de Cerquilho reativa Laboratório de Ciências

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
Prefeitura de Cerquilho reativa Laboratório de Ciências
Foto: Prefeitura Municipal de Cerquilho

Prefeitura de Cerquilho reativa Laboratório de Ciências


O prefeito Aldo Sanson reativou o laboratório de Ciências da EMEF João Toledo. O local será a sede do Projeto “Cientistas do Amanhã”, que incentiva e ensina o pensamento científico para crianças da educação infantil a fundamental II.
O laboratório recebeu, merecidamente, o nome do Prof. Antônio José Mazzer Lazarin, destacado professor de Ciências da cidade que idealizou e trabalhou muito, junto com sua equipe, alunos, empresários e prefeitura, para construir uma nova sala na Escola João Toledo e abrir um laboratório de Ciências. Isso aconteceu em 03 de abril de 1991.
A cerimônia contou ainda com a presença do vice-prefeito Germano Reis, da presidente do Fundo Social Melissa Sanson, do presidente da Câmara Municipal Mauro Frare, do professor e pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas e parceiro do Projeto “Cientistas Do Amanhã” Prof. Dr. Luis Felipe Villani Purquério, da filha do Prof. Antônio José Mazzer Lazarin – Glauce Andréa Lazarin. Além de vereadores, secretários, alunos, professores, pais e responsáveis da EMEF João Toledo e ex-alunos do Prof. Lazarin na época da construção do laboratório.
O evento teve também a exibição de um vídeo carinhosamente preparado pela Dra. Izabella Agostinho Pena para os presentes e, principalmente, os alunos do Projeto Cientistas do Amanhã, contando um pouco sobre sua trajetória na ciência e sua rotina de trabalho.
A Dra. Izabella é pesquisadora do Hospital de Crianças do Leste de Ontário (CHEO) e da Universidade De Ottawa/Canadá e é parceira do Projeto “Cientistas Do Amanhã”.
Durante a fala do prefeito ele comentou a alegria e a importância para a educação de Cerquilho de reativar o laboratório. Ele enfatizou ainda o quão merecida foi a homenagem feita ao Prof. Antônio Lazarin.

Mais fotos do evento estão disponíveis no link: www.cerquilho.sp.gov.br/album-de-fotos/foto/47/reativacao-do-laboratorio-da-escola-joao-toledo-cerquilho-69-anos-/

Confira um relato de um ex-aluno do Prof. Lazarin Marcos Paula Moreira sobre o processo do
Era 1988; naquele ano o Professor Lazarin introduzia aos seus alunos, da antiga 7ª série, o conteúdo DSTs. Naquele contexto, de grandes descobertas e muitas informações sobre as Doenças Sexualmente Transmissíveis, os estudantes encontravam-se em total efervescência para aprender mais e mais sobre o assunto trabalhado pelo mestre, especialmente sobre a temática HIV/AIDS, que era uma grande novidade no ambiente escolar e no Brasil como um todo.
Finalizadas as explicações do referido conteúdo, chegara o momento tão esperado por todos: a prova. Para a tristeza dos alunos e, sobretudo do professor, os estudantes foram muito mal na avaliação! Então, como todo grande mestre, o professor Lazarin sentiu-se muito incomodado com aquele resultado e, a partir de sua inquietude, teve uma grande ideia: precisava criar uma estratégia de ensinar os alunos de forma mais concreta para que estes tivessem uma aprendizagem mais significativa. Neste momento surgia, então, o grande sonho de criar um laboratório de Ciências na escola João Toledo.
Para concretizar este sonho, muitos e muitos esforços foram empreendidos pelo Professor Lazarin, por seus alunos e companheiros de trabalho que partilhavam do mesmo ideal.
Em 1989 e 1990, doces e outros produtos eram vendidos nas festas juninas da escola e nos campeonatos escolares, além de bazares de roupas e pedágios na rua que eram feitos com o objetivo de arrecadar dinheiro para investir na construção do laboratório de Ciências. Vale ressaltar que o montante obtido com a execução de todas as atividades relatadas foi usado para dar entrada a um veículo popular, a qual contou, também, com a ajuda de empresários locais para fins de complementação do seu valor.
Posteriormente, para finalizar o pagamento do veículo adquirido, o Professor Lazarin fez a aquisição de carnês de rifas da Loteria Federal, que foram vendidas por todos os seus alunos e alguns colegas de trabalho da época. Todos estes esforços tinham um único propósito: angariar fundos para a construção do tão almejado laboratório.
Cabe destacar que alguns estudantes daquela época foram, inclusive, voluntários aos finais de semana, colaborando com os pedreiros na montagem do laboratório. Além destes, a Prefeitura de Cerquilho contribuiu, ativamente, com a construção deste tão sonhado espaço.
Mediante o exposto, fica evidente que o Professor Lazarin, um grande profissional e um ser humano de muitos sonhos e determinação, contribuiu enormemente com a melhoria da Educação de nosso município e, graças a sua luta e coragem, estamos aqui, hoje, a reativar o Laboratório de Ciências da EMEF. Prof. João Toledo, o qual recebe, dignamente, o nome de Sala “Prof. Antonio José Mazzer Lazarin”.
Destacamos, por fim, que a Sala “Prof. Antonio José Mazzer Lazarin” será a sede do Projeto “Cientistas do Amanhã”, o qual foi implantado, este ano, na Rede Municipal de Ensino pela Prefeitura de Cerquilho, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, e cujo principal objetivo é dar aos estudantes embasamento teórico-prático para o letramento científico, de modo que estes aprimorem os seus saberes e incorporem, gradualmente, o conhecimento científico e desenvolvam ações para melhorar a qualidade de vida individual, coletiva e socioambiental.

Texto produzido pela Orientadora Pedagógica de Ciências Erika de Freitas Roldão a partir do relato do ex-aluno do Prof. Lazarin Marcos Paula Moreira.

Fonte/Foto:Prefeitura de Cerquilho

Notícia



Projeto Guri está com matrículas abertas

O Projeto Guri – Polo Cerquilho está com matrículas abertas para o 1º semestre de 2019, os interessados têm até o dia 07 de dezembro para se inscrever, conforme a disponibilidade de vagas...