ELN recruta menores na Venezuela, diz presidente da Colômbia

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente da Colômbia, Iván Duque, afirmou que a guerrilha Exército de Libertação Nacional (ELN) recruta na Venezuela menores de idade com a anuência de Nicolás Maduro, que, além disso, protege os dissidentes das Farc. "Maduro, o ditador da Venezuela, está protegendo (o ELN). Está dando dinheiro e patrocinando o recrutamento de crianças para exercer mineração ilegal no território venezuelano" disse Duque. O governo da Colômbia e o ELN encerraram as negociações de paz em 2018. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Notícia



Presidente turco pressiona UE para reconhecer governo libanês

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, pediu para que a União Europeia apoiasse o reconhecimento internacional do governo líbio em Trípoli às vésperas de um encontro em Berlim...