Defesa de Aécio: após 3 anos de investigações nenhuma irregularidade foi apontada

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O advogado Alberto Zacharias Toron, que defende o deputado federal Aécio Neves (PSDB/MG), afirmou nesta segunda-feira, 17, em nota, que "depois de 3 anos de investigações nenhuma irregularidade foi apontada envolvendo o deputado Aécio Neves". A manifestação do advogado ocorre após o Ministério Público Federal recorrer nesta segunda-feira da decisão que determinou o envio para a Justiça Eleitoral, em Minas Gerais, das investigações que apuram se o ex-senador recebeu propinas da Construtora Odebrecht.

"Depois de 3 anos de investigações nenhuma irregularidade foi apontada envolvendo o Deputado Aécio Neves", afirmou o advogado na nota. "Os próprios delatores deixam claro tratar-se de doação eleitoral sem qualquer contrapartida. A decisão do Supremo segue a de outros inquéritos enviados à Justiça Eleitoral, inclusive com o aval da PGR", conclui Toron.

Notícia



Cármen Lúcia mantém ação contra Garotinho por caixa 2 na Justiça Eleitoral do Rio

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido do ex-governador do Rio Anthony Garotinho para que a Corte declarasse a incompetência da Justiça Eleitoral para julgar ação em que responde por suposta prática de caixa 2, organização criminosa, extorsão, corrupção passiva e lavagem de dinheiro...