TATUÍ RECEBE PRÊMIO SEBRAE “PREFEITO EMPREENDEDOR”

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
TATUÍ RECEBE PRÊMIO SEBRAE “PREFEITO EMPREENDEDOR”
Foto: Prefeitura de Tatuí

TATUÍ RECEBE PRÊMIO SEBRAE “PREFEITO EMPREENDEDOR”


A prefeita de Tatuí, Maria José Vieira de Camargo, será certificada na 10ª Edição (2017/2019) do “Prêmio Mário Covas - Sebrae Prefeito Empreendedor”, na categoria Políticas Públicas para Desenvolvimento de Pequenos Negócios. O motivo foi a profissionalização da “Feira do Doce”, que passou a ter, entre outras coisas, um atendimento diferenciado e especializado ao microempreendedor individual através da “Sala do Empreendedor Municipal”.
A premiação ocorrerá na próxima terça-feira (21/05), às 19h30, no Memorial da América Latina, em São Paulo, e contará com a presença de autoridades federais, estaduais e municipais. Essa premiação ocorre a cada dois anos, em nível nacional, e o “Prêmio Mário Covas - Sebrae Prefeito Empreendedor” é um programa de reconhecimento aos prefeitos e gestores regionais que implantaram projetos com resultados comprovados no que diz respeito ao foco no desenvolvimento de pequenos negócios locais.
Neste ano, apenas as cidades que implantaram projetos com resultados comprovados de estímulo ao surgimento, desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização de gestão pública, alcançando a pontuação estabelecida pela Comissão Julgadora Sebrae Nacional, que é o caso de Tatuí, receberão esse prêmio.
O projeto da Feira do Doce foi inscrito pelo município de Tatuí por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão Pública, sendo que as edições de 2017 e 2018 da “Feira do Doce” foram idealizadas pela Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura de Tatuí.
Com isso, Tatuí foi selecionada dentre 645 cidades do estado de São Paulo, sendo que dentre os 137 projetos habilitados, somente 62 cidades foram destaque, tendo sido escolhidas para receber o selo “Prefeito Empreendedor”.
Profissionalização da Feira do Doce - Quando surgiu, em 2013, a atual Feira do Doce era chamada de “Festa do Doce”, e com a administração da prefeita Maria José, deixou de ser um evento local e informal, se transformando em um evento regional, com a formalização de todos os seus participantes. Essa transformação ocorreu com o objetivo de fomentar o empreendedorismo, promovendo políticas públicas municipais voltadas aos empreendedores locais, à comunidade e à sociedade como um todo, visando incentivar a formalização dos empreendedores locais.
A “Feira do Doce” é um evento turístico, que visa enaltecer as raízes culturais, fomentar o empreendedorismo e fortalecer o trade turístico local. A cidade, que também é classificada como MIT (Município de Interesse Turístico), já era conhecida na gastronomia pelos irresistíveis doces caseiros, comercializados na “Capital da Música” e nas cidades de toda a Região Metropolitana de Sorocaba.
Por ser considerado o maior evento do segmento gastronômico doceiro do interior paulista, a “Feira do Doce” passou a fazer parte do Calendário Turístico do Estado de São Paulo, tendo movimentado mais de 90 mil pessoas em 2018.
A melhoria do ambiente legal, a formalização dos produtores locais, o apoio ao cooperativismo, o associativismo, o fomento à Educação por meio da capacitação e a melhoria no ambiente socioeconômico foram as metas mais relevantes desse projeto.
Na gestão da prefeita Maria José, o caráter empreendedor dos produtores de doce locais foi enfatizado, com a ampliação significativa não só dos expositores - que em 2013 eram 20 e em 2018 passaram a ser 51, sendo 100% formalizados – mas, especialmente, do público. Em 2013 a Feira contou com a visita de, aproximadamente, 20 mil pessoas, passando para 90 mil visitantes em 2018, atingindo, portanto, em ambos os casos, um aumento de mais de 100%, além do aumento direto na arrecadação.
A última edição da “Feira do Doce”, que ocorreu em 2018, movimentou, aproximadamente, R$ 600 mil com a venda de mais de 190 mil doces nos três dias de evento, resultando em um aumento de seis vezes mais, comparado com a primeira edição do evento, que ocorreu em 2013, ainda com o nome “Festa do Doce”.

Fonte/Foto: Prefeitura de Tatuí

Notícia