Vendas de veículos crescem 11,4% no primeiro trimestre

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
Vendas de veículos crescem 11,4% no primeiro trimestre
Foto: Divulgação

As vendas de veículos no primeiro trimestre de 2019 aumentaram 11,4% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, 607,6 mil veículos foram comercializados nos três primeiros meses do ano, ante os 545,5 mil de 2018. Somente em março, 209,2 mil unidades foram licenciadas, aumento de 5,3% contra as 198,6 mil de fevereiro e de 0,9% frente às 207,4 mil de março de 2018.

Para o presidente da Anfavea, os resultados da indústria automobilística em março foram animadores:

“Mesmo com uma quantidade de dias úteis menor em março, devido ao carnaval, tivemos um balanço positivo no comparativo mensal. A média diária de vendas no último mês foi de 11 mil unidades, a melhor de março desde 2014. Isso mostra o impulso que nosso setor tem dado à recuperação da economia brasileira. Segundo relatório do Banco Central, o setor respondeu por 1/3 do crescimento da atividade industrial no biênio 2017-2018, e por 1/4 da elevação PIB nacional”.

A produção de autoveículos no acumulado do ano ficou em 695,7 mil unidades, baixa de 0,6% frente ao mesmo período do ano passado com 699,8 mil unidades. Somente em março, 240,5 mil unidades saíram das linhas de montagem, o que significa queda de 6,4% ante as 257 mil de fevereiro e de 10,1% contra as 267,5 mil de março do ano passado.

As exportações apresentaram queda em função da retração da economia argentina, principal parceiro comercial do Brasil. No acumulado do ano, 104,6 mil unidades foram exportadas, baixa de 42% quando comparadas com as 180,2 mil de igual período de 2018. Em março, 39 mil veículos foram negociados, diminuição de 3,7% sobre as 40,5 mil de fevereiro e de 42,2% em relação às 67,5 mil de março do ano passado.

Caminhões e ônibus

As vendas de caminhões este ano têm mostrado uma retomada importante da economia brasileira e do setor automotivo. Nos três primeiros meses deste ano, as negociações cresceram 47,7%: foram 21,5 mil unidades este ano e 14,5 mil em 2018. No último mês, 7,6 mil caminhões foram registrados, alta de 10,5% no comparativo com os 6,9 mil de fevereiro e de 28,1% contra os 5,9 mil de março do ano passado.

Os fabricantes de caminhões produziram em março 8,3 mil unidades – número 13,6% menor se analisando com as 9,6 mil de fevereiro e de 16,4% com as 9,9 mil de março de 2018. No trimestre, 24,8 mil unidades saíram das fábricas, ou seja, expansão de 1,3% ante as 24,4 mil de igual período do ano passado.

As exportações para o segmento seguem em baixa: 2,5 mil unidades embarcaram no trimestre para outros países, recuo de 65,6% frente as 7,3 mil de 2018.

As vendas de ônibus aumentaram 69,7% nos três primeiros meses: foram 4,7 mil unidades em 2019 e 2,8 mil em 2018. No terceiro mês do ano 1,6 mil unidades foram licenciadas, crescimento de 6,6% no comparativo com as 1,5 mil de fevereiro e de 53% na análise com as 1 mil de março do ano passado.

A produção de chassis para ônibus encerrou o trimestre com diminuição de 11,2%, com 6,1 mil unidades este ano e 6,9 mil no ano passado. Somente em março, a queda foi de 41%, com 1,7 mil unidades no mês e 2,8 mil no mesmo período de 2018. Quando comparadas com fevereiro, quando 2,5 mil unidades foram fabricadas, o recuo é de 33,8%.

As exportações no acumulado permaneceram em baixa: foram 2,1 mil unidades este ano e 2,5 mil no ano passado, o que resultou em uma diminuição de 15,9%.

Notícia



Audi Sport celebra 25 anos dos modelos RS

Há 25 anos o primeiro modelo Audi RS foi lançado no mercado com o nome de Audi RS 2 Avant, marcando o início de uma história de sucesso...