'Cumpri ofício até último instante', diz ex-presidente da Apex

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Demitido ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) Alex Carreiro publicou em seu perfil no Twitter uma mensagem agradecendo à oportunidade e salientando que cumpriu "até o último instante" suas funções no cargo.

"Recebi do excelentíssimo presidente da República, Jair Bolsonaro, a honrosa missão de presidir a Apex-Brasil, ofício que cumpri até o último instante, sem abandonar meu posto", escreveu Carreiro. "Agradeço também aos excelentes funcionários da Apex-Brasil o convívio profícuo e aproveito para cumprimentar a nova diretoria e desejar-lhe sorte."

Em seu texto, Carreiro ignorou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que havia publicado, um dia antes, na mesma rede social, uma mensagem dando conta de que o próprio Carreiro havia pedido demissão. Carreiro não aceitou a demissão e deu expediente normalmente ontem, até ser comunicado por Bolsonaro de sua exoneração.

Carreiro é a primeira baixa da gestão Bolsonaro, que anunciou ontem o nome do embaixador Mario Vilalva para o cargo. Sua exoneração ocorreu em meio a pressão de dirigentes da agência, descontentes com as demissões assinadas por ele em menos de uma semana no cargo.

Notícia



Bolsonaro diz que Moro é 'homem símbolo' e que quer mudar o País

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou nesta segunda-feira, 17, a cerimônia de assinatura da medida provisória que trata da venda e utilização de bens apreendidos de traficantes para elogiar o ministro da Justiça, Sergio Moro...