Marcos Pontes: ensino superior permanecerá com Ministério da Educação

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Indicado para chefiar o Ministério da Ciência e Tecnologia, o engenheiro Marcos Pontes afirmou, nesta quinta-feira, 6, que o ensino superior permanecerá no Ministério da Educação. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, cogitou transferir a responsabilidade para a pasta que será comandada por Pontes.

"O Ensino Superior permanece com o ministério da Educação e essa relação com a ciência e tecnologia é primordial", declarou Pontes durante coletiva de imprensa no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília.

Segundo o futuro ministro, a "colaboração com a educação é importante e tem andado muito bem". Ele listou quatro pilares para a cooperação entre os ministérios que seriam o ensino de ciência e tecnologia no ensino fundamental; a importância da pesquisa básica; incentivo à inovação; e cooperações internacionais.

Ao longo do dia, Pontes organiza um encontro com representantes da comunidade científica no CCBB. Bolsonaro fez uma rápida aparição na reunião, pela manhã.

Notícia



Justiça volta a decretar prisão preventiva de irmão de vice-governador de SP

A juíza Cynthia Maria Sabino Bezerra Camurri, da 8ª Vara Criminal de capital paulista, determinou nova prisão preventiva do empresário Marco Aurélio Garcia, irmão do vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (DEM), acusado de lavagem de dinheiro e já condenado por esse delito, em segunda instância, em uma investigação que apurou sua ligação com a Máfia do Imposto Sobre Serviço (ISS), um grupo de fiscais que sonegava recursos da Prefeitura de São Paulo...