Polícia indicia casal por suspeita de matar nora em SP

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A Polícia Civil indiciou na quinta-feira, 8, os sogros de Márcia Martins Miranda, de 41 anos, por homicídio qualificado, sequestro e ocultação de cadáver no interior de um imóvel no bairro do Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), solicitou a prorrogação de prisão temporária de ambos, por mais 30 dias.

A polícia também aguarda a conclusão do laudo necroscópico para atestar a causa da morte da vítima.

Segundo a polícia, a principal suspeita é que sogros, Fernando Antonio Martins de Oliveira, de 64 anos e Maria Izilda Miranda, de 61 anos, teriam cometido o crime porque queriam a guarda dos dois netos, um menino de 4 anos e uma menina de 9 meses.

Márcia era coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do Butantã e desapareceu no dia 2 de outubro perto da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, após sair de casa para ir ao trabalho.

Na segunda-feira,5, a polícia localizou um corpo dentro de uma casa, no bairro Rio Pequeno, que havia sido alugada pelos sogros da assistente social.

Na quarta-feira, 7, após exames e confrontos de digitais, a SSP confirmou que o corpo encontrado era mesmo de Márcia.

Notícia



Homem morre após incêndio na favela do Cimento

Após sofrer queimaduras no incêndio da Favela do Cimento, na região do Viaduto Bresser, na zona leste de São Paulo, um homem ainda não identificado morreu na tarde deste domingo, dia 24...