Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+ chega ao Brasil

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir
Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+ chega ao Brasil
Foto: Divulgação

A Mercedes-AMG anuncia a chegada ao Brasil dos utilitários esportivos de alta performance: GLC 63 4MATIC+, e GLC 63 S 4MATIC+ Coupé. Os novos veículos são os únicos SUVs de porte médio no mercado a contar com motor V8 biturbo.

A atração mais importante dos lançamentos é o motor AMG 4,0 litros V8 que gera 476 cv no Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+ e 510 cv para a versão coupé do modelo, o que garante a ele uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos. Os novos SUVs de alta performance da marca também trazem suspensão com molas pneumáticas com amortecimento ajustável adaptativo, tração AMG Performance 4MATIC+ nas quatro rodas privilegiando a traseira (para comportamento mais esportivo) com distribuição de torque totalmente variável, diferencial traseiro com deslizamento limitado e um sistema de freios de alta performance.

O novo Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+ apresenta transmissão esportiva AMG SPEEDSHIFT MCT de nove velocidades que estreou no Mercedes-AMG E 63 4MATIC+. O condutor é beneficiado por tempos de troca e respostas extremamente curtos. Uma embreagem banhada a óleo substitui o conversor de torque. Ela economiza peso e otimiza o tempo de resposta à movimentação do acelerador pelo motorista, especialmente na aceleração e durante mudanças de marcha.

Após o Classe E da Mercedes-AMG, o GLC também conta agora com a tração integral AMG Performance 4MATIC+. Esse permite a distribuição totalmente variável de torque entre os eixos dianteiro e traseiro. O condutor também consegue alta estabilidade de direção e segurança em todas as condições, seja com a pista seca ou molhada. Uma embreagem controlada eletromecanicamente conecta o eixo traseiro, que tem tração permanente, de forma totalmente variável com o eixo dianteiro.

O Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+ é dotado de um diferencial traseiro com deslizamento limitado mecanicamente, enquanto a versão coupé conta com diferencial traseiro com deslizamento limitado controlado eletronicamente. Ambos os diferenciais reduzem o escorregamento da roda interna nas curvas sem recorrer a intervenções do sistema de freios. Desta forma, o condutor pode acelerar mais cedo na saída das curvas, graças à maior tração disponível.

No caso do Coupé, o maior benefício do diferencial traseiro eletrônico com deslizamento limitado é o controle mais rápido e sensível, que eleva ainda mais o limite do modelo, tornando mais fácil a condução em situações radicais. O sistema de controle de estabilidade (ESP) de três estágios, com as funções "ESP ON", "ESP SPORT Handling Mode" e "ESP OFF", funciona em perfeita sintonia com o diferencial blocante e é acertado de forma ideal para proporcionar um comportamento extremamente dinâmico.

Os modelos também trazem a nova suspensão a ar multicâmaras da AMG. A rigidez das molas pneumáticas pode ser regulada em ampla margem pela ativação ou desativação de câmaras de ar individuais, levando a um aumento perceptível no conforto e maneabilidade.

Há três graus de regulagem para as molas (Comfort, Sport e Sport Plus), dependendo do programa de condução selecionado e o modo de direção no momento. As molas são enrijecidas automaticamente no caso de súbitas mudanças de carga, em curvas rápidas, forte aceleração ou frenagens acentuadas, reduzindo assim efetivamente a rolagem e a inclinação longitudinal, ao mesmo tempo que estabiliza o veículo.

Os quatro programas de condução diferentes do AMG DYNAMIC SELECT, "Comfort", "Sport", "Sport Plus" e "Individual" permitem que o condutor determine amplamente as características de comportamento do Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+. Eles modificam os parâmetros mais importantes, como a resposta do motor, transmissão, regulagem da suspensão e da direção, o ESP e o sistema de tração integral.

O modo "Comfort" é um programa extremamente equilibrado, com a suspensão e a regulagem da direção orientadas para o conforto, assim como uma configuração do trem de força eficiente em consumo e trocas de marcha para cima antecipadas - incluindo mudanças suaves e um discreto som do motor. As funções ECO start/stop e rolagem são ativadas e funcionam assim: quando o motorista alivia o acelerador entre 60 e 160 km/h, a embreagem da transmissão MCT se abre e o motor é desacoplado do trem de força. A eletrônica baixa a rotação do motor para marcha lenta e a resistência à rolagem é reduzida pela ausência das forças de compressão e atrito do motor trabalhando em alta rotação.

Já os modos de condução "Sport" e "Sport Plus" são projetados para dinâmicas de direção elevadas. Eles têm como característica a ágil resposta ao pedal do acelerador e a operação do câmbio emocionante, com curtos tempos de troca e função de dupla debreagem nas reduções. A marcha lenta mais elevada em "Sport Plus" também permite uma aceleração especialmente rápida na arrancada. Outro recurso destinado a fazer o coração do condutor bater mais rápido é a função Race Start, que otimiza o setup do carro para possibilitar arrancadas usufruindo de todo o potencial do motor V8 biturbo.

O Mercedes-AMG GLC 63 S 4MATIC+ Coupé conta com o programa adicional "RACE", no qual os parâmetros são configurados para máximo desempenho. Com um total de cinco programas de condução, o SUV de alta performance mais uma vez oferece a maior amplitude de escolha no segmento. No modo “RACE”, o condutor pode acionar também o Drift Mode, que permite realizar derrapagens controladas.

O Mercedesd-AMG GLC 63 4MATIC+ tem um preço sugerido de R$512.900,00. Já a versão coupé do utilitário esportivo, Mercedes-AMG GLC 63 S 4MATIC Coupé, chega a partir do mês de setembro, com preço sugerido de R$587.900,00.

AMG GLC 63 4MATIC+
Motor: 4,0 litros V8 com injeção direta e dois turbocompressores
Cilindrada: 3.982 cm³
Potência: 476 cv a 5.500-6.250 rpm
Torque: 650 Nm entre 1.750-4.500 rpm
Peso: 1.925 kg
Aceleração 0-100 km/h: 4,0 s
Velocidade máxima: 250 km/h (limitada eletronicamente)
Ângulo de ataque: 16,4 graus

AMG GLC 63 S 4MATIC+ COUPÉ
Motor: 4,0 litros V8 com injeção direta e dois turbocompressores
Cilindrada: 3.982 cm³
Potência: 510 cv a 5.500-6.250 rpm
Torque: 700 Nm entre 1.750-4.500 rpm
Peso: 1.955 kg
Aceleração 0-100 km/h: 3,8 s
Velocidade máxima: 250 km/h (limitada eletronicamente)
Ângulo de ataque: 20,6 graus

Notícia



Cobertura completa do Salão do Automóvel 2018

O Salão do Automóvel de São Paulo desse ano abriu ao público no dia 8 de Novembro, e espera receber 700 mil visitantes até o próximo dia 18...