Em carta a Trump, Kim Jong-un diz ter apreciado esforços para melhorar relações

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou em sua conta no Twitter uma carta que ele recebeu do líder da Coreia do Norte, Kim Jon-un, dizendo que Pyongyang aprecia profundamente os esforços "energéticos e extraordinários" feitos por Trump, salientando que um "processo futuro para tomar ações práticas" e que haverá uma próxima reunião.

Na carta, Kim Jon-um começa destacando que a primeira reunião entre os dois líderes e o acordo assinado em Cingapura, de fato, marcou o início de uma significativa jornada.

Em seguida, o líder norte-coreano diz que aprecia os "energéticos e extraordinários esforços" de Trump para uma melhor relação entre os dois países e que ele está confiante de que o acordo feito por ambos será implementado.

"Eu realmente acredito que a força de vontade, esforços sinceros e abordagem única entre eu e o presidente Trump irá abrir caminhos entre a Coreia do Norte e os EUA", disse Kim.

Por fim, Kim termina dizendo que a confiança em Trump será reforçada no processo futuro de tomar ações práticas. "Eu estendo minha convicção que progresso entre a relação dos dois países irá promover uma próxima reunião no futuro".

A divulgação da carta feita por Trump ocorre em meio a relatos de que a Coreia do Norte não tomou medidas de desnuclearização, após a cúpula em Cingapura.

Notícia



Submarino implodiu, mas manteve estrutura, diz Marinha argentina

Um ano e um dia depois do desaparecimento do submarino ARA San Juan, da Marinha da Argentina, uma empresa privada encontrou o submarino a 600 quilômetros da costa e as buscas chegaram ao fim...