EUA propõem tarifar de 10% sobre mais de 6 mil produtos da China

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O Escritório do Representante Comercial dos Estados Unidos (USTR) divulgou a proposta de tarifar em 10% 6.031 tipos de produtos da China, em mais um sinal de elevação da tensão comercial entre os dois países.

As compras desses bens pelos importadores americanos somam US$ 200 bilhões anuais. O prazo final de contestações da proposta de nova barreira pelos empresários termina em 30 de agosto.

A lista inclui produtos agropecuários, materiais de construção, mineração, componentes de bens de consumo. Segundo o USTR, o processo de seleção de bens chineses levou em conta prováveis impactos sobre consumidores dos EUA.

A proposta de sobretarifação de 10% é mais um capítulo da guerra comercial entre os dois países. No dia 18 de junho, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já havia anunciado que havia pedido ao USTR que identificasse US$ 200 bilhões em produtos chineses a serem alvo dessa barreira. Naquela madrugada, a China passou a classificar a briga tarifária como "guerra comercial".

A divulgação da lista de produtos ocorre cinco dias depois das tarifas de 25% sobre US$ 50 bilhões em produtos da China serem efetivadas.

Notícia