Empregados da Eletrobras decidem interromper greve após decisão do TRT

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Por força de uma decisão do presidente do Tribunal Regional Do Trabalho (TRT) do Rio de Janeiro, a greve de 72 horas dos empregados da Eletrobras foi interrompida nesta terça-feira, 12, mas deve voltar por tempo indeterminado no próximo dia 25, informou o diretor da Associação dos Empregados da Eletrobras (Aeel), Emanuel Mendes.

A greve foi iniciada na segunda-feira, 11, e tinha por objetivo protestar contra a privatização da estatal e pedir a saída do presidente Wilson Ferreira Jr, considerado o promotor da venda da empresa e cujas relações foram afetadas por declarações polêmicas do executivo.

A nova greve tem por objetivo garantir direitos adquiridos no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), informou Mendes.

O sindicalista disse que a partir de 25 de junho os empregados irão parar por tempo indeterminado, mas aguarda uma proposta da companhia que pode suspender a greve.

Notícia



STJ derruba liminar que limitava perdas de hidrelétricas com baixa geração

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou uma liminar que livrava as associadas da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine) dos efeitos do risco hidrológico...