Bolsas de NY fecham em baixa com setor financeiro, mas avançam na semana

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta sexta-feira, 13, com ações do setor financeiro pressionadas. Na semana, porém, os índices acionários subiram, com papéis de energia em destaque.

O índice Dow Jones fechou em baixa de 0,50% (-122,91 pontos), a 24.360,14 pontos, o Nasdaq recuou 0,47% (-33,60 pontos), a 7.106,65 pontos, e o S&P 500 caiu 0,29% (-7,69 pontos), a 2.656,30 pontos. Na semana, o Dow Jones subiu 1,79%, o Nasdaq avançou 2,91% e o S&P 500 teve alta de 1,99%.

O pregão esteve tranquilo durante boa parte do dia, porém a pressão de baixa se intensificou mais para o fim do pregão. O Dow Jones chegou a recuar mais de 200 pontos, mas reduziu perdas.

Apesar da queda da sexta-feira, o ganho semanal em Wall Street foi puxado por ações de tecnologia, que se recuperaram de quedas acentuadas em março, e também de papéis do setor de energia. Outro fator positivo na semana foram alguns balanços sólidos, de empresas como BlackRock, JPMorgan Chase, Wells Fargo e Citigroup.

Hoje, porém, ações do setor financeiro caíram. Goldman Sachs recuou 1,41%, Citigroup cedeu 1,55% e JPMorgan, 2,71%.

Alguns no mercado atribuíram o movimento ao fato de que os investidores já esperavam resultados fortes antes dos balanços de hoje, o que motivou realização de lucros. Analistas afirmam, porém, que os balanços podem ajudar a apoiar o mercado, mesmo diante dos riscos para o comércio global, com dúvidas sobre o ritmo da inflação e uma potencial escalada em conflitos geopolíticos. Fonte: Dow Jones Newswires

Notícia