Chuvas causam morte e deixam cidades em emergência no interior de SP

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A queda de um muro após um temporal causou a morte de um operário de 37 anos, no fim da tarde desta quinta-feira, 11, em Hortolândia, interior de São Paulo. O acidente aconteceu no Jardim Santa Esmeralda e de acordo com a Defesa Civil, o local foi isolado pela Guarda Municipal. A chuva forte causou também alagamentos na cidade.

Em Campinas, também atingida pelo temporal, houve quedas de muros e de árvores com interdição de ruas nos bairros Jardim Sul América, Parque São Bento, Vila Industrial e Jardim São Vicente.

Desde o início do ano, prefeituras de 22 cidades reportaram danos causados pelas chuvas à Defesa Civil estadual. Dois municípios - Miracatu, no Vale do Ribeira, e Álvares Machado, no oeste paulista - decretaram situação de emergência em razão dos temporais.

Em Miracatu, rios transbordaram e as enchentes desalojaram 39 famílias. A ponte do Galeão, no bairro Barra Funda, teve a cabeceira levada pela cheia. Em Álvares Machado, as chuvas destruíram ruas e estradas nos bairros Monte Mor, São José e Jardim Panorama, e danificaram pontes na Estrada do Cruzeiro.

Os estragos provocados pelas chuvas levaram a prefeitura de Morungaba, na região de Campinas, a cancelar o Carnaval de rua deste ano. Os temporais atingiram ao menos 40 casas e danificaram as pontes da Vila Mariana e da rodovia que liga Morungaba a Tuiuti. Também foi afetada pelos alagamentos a Praça dos Italianos, palco do carnaval de rua. Os R$ 70 mil que seriam investidos na festa serão aplicados na recuperação das estradas, avisou o prefeito Marquinho Oliveira (PSD).

Em Novo Horizonte, um temporal causou a queda do muro do cemitério municipal, na tarde desta quinta-feira, 11. Carros que estavam estacionados foram atingidos e a avenida de acesso ao cemitério foi interditada. Em Piracicaba, à noite, a chuva forte alagou ruas e a enxurrada arrastou carros na região central. A vazão do Rio Piracicaba atingiu 244 metros cúbicos por segundo na área urbana e os bairros ribeirinhos entraram em estado de atenção.

ESTRADAS

Três rodovias estaduais estavam total ou parcialmente interditadas, na manhã desta sexta-feira, 12, por causa das chuvas que atingem o interior. A rodovia Jurandir Siciliano (SP-255) foi totalmente interditada no km 348,5, entre Itaporanga e Coronel Macedo, depois que as águas abriram uma cratera no leito.

Uma erosão causou também a interdição parcial da rodovia Humberto Pellegrini (SP-263), entre Itapetininga e Alambari. As chuvas levaram também à interdição da rodovia Dr. Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463) entre General Salgado e Pontalinda.

Notícia



Forças de Segurança do Rio fazem operação integrada em São Gonçalo

As forças integradas de Segurança fazem uma operação em comunidades de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, na manhã desta segunda-feira, dia 16...