Equador escolhe nova vice após envolvimento de antecessor no caso Odebrecht

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Legisladores do Equador escolheram uma nova vice-presidente para substituir Jorge Glas, que foi oficialmente destituído do cargo esta semana, três meses depois de ser preso por receber propina da Odebrecht. A escolhida, Maria Alejandra Vicuna, de 40 anos, tinha ocupado anteriormente o cargo de vice-presidente interina e de ministra de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Glas está preso desde o início de outubro, depois que o presidente Lenin Moreno retirou suas funções de vice-presidente. Em dezembro, Glas foi condenado pela Corte Nacional de Justiça a seis anos de prisão por participação na trama de corrupção organizada pela Odebrecht. Fonte: Associated Press.

Notícia