Brasil contabiliza média móvel diária de 813 óbitos por covid, aponta consórcio

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




A média móvel diária de óbitos por covid-19, que registra as oscilações dos últimos sete dias e elimina distorções entre um número alto de meio de semana e baixo de fim de semana, ficou em 813 nesta terça-feira, 15. O Estado do Amapá não divulgou novos dados.

Nas últimas 24 horas, o Brasil teve 34.755 novos casos e 1.090 novos óbitos. Ao todo são 4.384.299 pessoas contaminadas e 133.207 mortos por coronavírus desde o início da pandemia, conforme dados do consórcio dos veículos de imprensa, formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, e feito em conjunto com as secretarias estaduais de Saúde. O balanço do Ministério da Saúde desta terça mostra que há 3.671.128 brasileiros recuperados da doença e outros 578.016 que seguem em acompanhamento.

Estado com os maiores números absolutos de covid-19 no País, São Paulo contabilizou 7.922 novos casos e 321 novas mortes nas últimas 24 horas. No total, o Estado tem 901.271 infecções diagnosticadas e 32.963 óbitos. De acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde, são 763.246 pessoas recuperadas. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 50,3% na Grande São Paulo e 50,7% no Estado.

Já no Rio de Janeiro foram registradas 177 mortes e 1.607 novos casos da doença nas últimas 24 horas. Até agora, 17.180 pessoas morreram em função do coronavírus no Estado, que registra 244.418 casos.

Parceria

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. De forma inédita, a iniciativa foi uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia e se manteve mesmo após a manutenção dos registros governamentais.

Segundo o Ministério da Saúde, 36.653 novos casos de covid-19 e 1.113 óbitos foram registrados nas últimas 24 horas, o que eleva o total para 4.382.263 pessoas infectadas e 133.119 que perderam a vida por conta da doença no País. Os números diferem dos compilados pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Notícia



Governo do Rio mantém restrição a shows e permanência nas praias até o dia 6

O governo do Estado do Rio de Janeiro prorrogou até o dia 6 de outubro uma série de medidas restritivas à circulação de pessoas e aglomerações, para evitar a proliferação do coronavírus...