OCDE: taxa de desemprego no grupo pode atingir 12% em caso de 2ª onda de covid

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estimou nesta terça-feira, 7, que a taxa de desemprego em todo o grupo será de 10% em 2020, podendo atingir 12% caso haja uma segunda onda de covid-19 no globo. Só no quarto trimestre deste ano, o "clube dos países ricos" deve registrar desemprego de 9,4%, superando, assim, todos os picos registrados durante a crise financeira de 2008.

"O impacto sobre o mercado de trabalho tem sido dez vezes pior do que em 2008", disse a entidade em relatório divulgado mais cedo, atribuindo o impacto no setor aos bloqueios para conter o novo coronavírus. O relatório da instituição bilateral não aposta em retorno do mercado de trabalho a níveis pré-crise antes do final de 2021.

A OCDE ressaltou a importância do apoio contínuo de governos aos setores mais atingidos pela crise, como forma de proteger o mercado de trabalho.

Notícia



Família esclarece que casa de Ghosn em Beirute foi danificada, e não destruída

O imóvel em que vive o executivo brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan, que se refugiou em Beirute no fim de 2019 depois de fugir da Justiça japonesa, não foi destruído, conforme havia declarado ao <b>Estadão</b> sua esposa, Carole Ghosn, na última terça-feira, 5...