Volume distribuído de energia na área da Celesc cresce 4,4% no 4º tri

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




O volume de energia distribuído na área de concessão da Celesc (SC) cresceu 4,4% na comparação entre o quatro trimestre de 2019 frente ao mesmo período de 2018, passando de 6,11 mil GWh para 6,38 mil GWh. Segundo o comunicado divulgado pela distribuidora, as vendas de energia no mercado cativo tiveram alta de 4,3% ante igual intervalo de comparação, para 4,06 mil GWh, e o volume faturado dos clientes livres por meio da tarifa de uso do sistema de distribuição (TUSD) cresceu 4,6%, para 2,31 mil GWh.

Entre as classes de consumo, considerando o mercado total, as vendas para os clientes residenciais tiveram forte expansão de 6,6%, para 1,43 mil GWh.

Os estabelecimentos comerciais ampliaram em 5,9% o consumo de energia, para 1,05 mil GWh, enquanto que a demanda industrial teve ligeiro aumento de 1,5%, para 2,62 mil GWh. Em dezembro de 2019, a Celesc atendia a 3,050 milhões de unidades consumidoras, alta de 2,5% em relação à igual mês de 2018, dos quais 3,049 milhões no mercado cativo e 1,149 mil clientes livres.

Na ótica dos dados anualizados, o consumo de energia em 2019 na área de concessão da Celesc cresceu 4,3% frente a 2018, passando de 24,44 mil GWh para 25,49 mil GWh. O mercado cativo teve alta de 3,6%, para 16,36 mil GWh, e o volume faturado dos clientes livres por meio da TUSD aumentou 5,4%, para 9,12 mil GWh.

Notícia



E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Em meio à pandemia e ao crescimento do desemprego, os executivos que trocaram de emprego ou encontraram uma vaga tiveram como destino basicamente startups da área de entregas, como iFood e Rappi, empresas de e-commerce e negócios que têm na tecnologia e em serviços financeiros seu filão de atuação...