Manifestante é internado em Hong Kong após ser baleado por policial

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Um homem de 21 anos foi internado em estado grave em Hong Kong após ser baleado pela polícia nesta segunda-feira, 11, e passa agora por cirurgia. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um policial disparando três vezes contra manifestantes que bloqueavam vias de trânsito na cidade, atingindo o jovem à queima-roupa.

Nas imagens, o agente uniformizado aparece segurando um manifestante com uma mão e sacando a pistola com a outra. Uma pessoa vestida inteiramente de preto se aproxima e o policial atira contra ela, derrubando-a no chão imediatamente; o agente dispara mais duas vezes na direção de outras pessoas no protesto. O hospital que atende o jovem não informou se outros feridos deram entrada na emergência.

Esta foi a terceira ocorrência de disparos contra dissidentes desde o início dos protestos, há cerca de seis meses. No dia 1º de outubro, um estudante de 18 anos foi baleado no peito enquanto avançava contra um policial. Três dias depois, um agente à paisana disparou contra um grupo que o cercava, atingindo na perna um adolescente de 14 anos.

No último final de semana, ocorreram também vigílias pacíficas em homenagem a um estudante que morreu na manhã de sexta-feira, 8 (pelo horário local). O jovem faleceu em razão de ferimentos adquiridos após cair de um edifício-garagem na última segunda-feira, 4, durante uma operação policial com uso de gás lacrimogêneo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Notícia