Tesouro detalha recompra de títulos que acompanhou emissão do Global 2050

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




O Tesouro Nacional detalhou o resultado da recompra de títulos que acompanhou a emissão externa realizada na última segunda-feira (4). Na ocasião, foram emitidos US$ 2,5 bilhões do novo título de 30 anos, Global 2050, além da reabertura do Global 2029, com venda de US$ 500 milhões.

Ao divulgar o resultado ainda na segunda-feira, o Tesouro havia informado que cerca de US$ 1 bilhão levantados com emissão do Global 2050 tinham sido usados para a recompra títulos antigos.

Hoje, o órgão detalhou que essa recompra de papéis totalizou US$ 1,04 bilhão, sendo US$ 1 bilhão em trocas diretas pelo Global 2050 e US$ 40 milhões em resgates com pagamento em dinheiro aos investidores.

De acordo com o Tesouro, foram recomprados US$ 83,977 milhões em títulos do Global 2027, US$ 4,583 milhões do Global 2030, US$ 48,631 milhões do Global 2034, US$ 246,313 milhões do Global 2037, US$ 163,248 milhões do Global 2041, US$ 259,590 milhões do Global 2045, e US$ 236,100 milhões do Global 2047.

Notícia



Governo tem 48h para se manifestar sobre problemas no auxílio emergencial

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Bruno Dantas deu 48 horas para que os ministérios da Economia e da Cidadania, a Receita Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) se manifestem sobre as dificuldades de acesso às bases completas da Receita para a verificação de elegibilidade de quem pede o auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais...