Premiê diz que Irlanda não pode aceitar um acordo a qualquer custo

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir




O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, disse que ainda há lacunas nas negociações entre o Reino Unido e a União Europeia, e que a Irlanda não pode aceitar um acordo "a qualquer custo".

Para Varadkar, os britânicos estão repudiando "o acordo que negociamos em boa fé com a premiê Theresa May por dois anos, e agora estão colocando metade disso sobre a mesa e dizendo que são concessões". As declarações foram dadas pelo premiê à emissora irlandesa RTE na noite de terça-feira, 8.

Notícia



Mesmo com veto de viajantes, diplomata brasileiro diz que País é grato aos EUA

O governo Jair Bolsonaro é grato pelo aviso dos Estados Unidos de que o país pretendia barrar estrangeiros vindos de voos do Brasil e também por doações para ajudar no combate à pandemia da covid-19, disse o principal diplomata brasileiro em Washington...