No Rio, turistas são feitos reféns e roubados em albergue de Botafogo

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


Turistas hospedados no albergue Meiai, em Botafogo, zona sul do Rio, foram assaltados, agredidos e feitos reféns dentro do estabelecimento, na madrugada desta quarta-feira, 11. Segundo a polícia, quatro assaltantes, um deles com um revólver, invadiram o hostel e roubaram os hóspedes.

Os bandidos chegaram por volta das 2 horas e renderam o vigia. Da Europa e da América Latina, as vítimas estavam dormindo e foram surpreendidas com a ação. Foram agredidas e colocadas com o rosto voltado para o chão. Os turistas contaram que os bandidos pegaram facas na cozinha e os fizeram, sob ameaças, ficar num corredor para que os quartos fossem vasculhados.

Os criminosos levaram celulares, câmeras fotográficas e dinheiro. Só deixaram malas e passaportes. Do caixa do hostel, levaram R$ 1.000. Os ladrões fugiram em seguida. A polícia informou que está nas ruas fazendo buscas.

O hostel fica a 700 metros da delegacia de Botafogo e a um quilômetro do Batalhão da PM do bairro. Em funcionamento há quatro anos, o Meiai fica numa casa charmosa na Rua Guilhermina Guinle, e oferece acomodações individuais e coletivas, estas últimas para até 14 pessoas.

Por ter boa avaliação em sites especializados, o estabelecimento é bastante procurado por turistas estrangeiros, atraídos por suas tarifas econômicas e área externa, um terraço com área de convivência e churrasqueira. O restaurante do hostel, Guilhermina, é frequentado também por cariocas.

"Os turistas ficaram muito assustados, e esse é o maior problema. Um turista francês estava contando que nunca imaginou acordar com uma arma na cabeça", lamentou André de Oliveira, um dos proprietários, à reportagem da GloboNews.

Também no bairro de Botafogo, por volta das 19h desta terça-feira, 10, um grupo de jovens aproveitou-se de um engarrafamento para roubar motoristas parados no trânsito. Eles estavam dentro de um ônibus da linha 474 (Jacaré-Copacabana). Saltaram, roubaram carteiras e celulares e voltaram para o coletivo para dividir o produto do roubo.

Um motorista conseguiu chamar a PM e dois homens e dois adolescentes foram detidos na hora. A ação foi no viaduto Santiago Dantas, que liga Botafogo a Laranjeiras, a poucos metros do Palácio Guanabara, sede do governo estadual.

Notícia



Homens são agredidos por suspeita de envolvimento em morte de meninas

Dois homens foram agredidos na Favela da Lapena, zona leste de São Paulo, na segunda-feira, 16, após um grupo de pessoas suspeitar que eles estejam envolvidos na morte de Adrielly Mel Severo e Beatriz Moreira dos Santos, ambas de 3 anos...