Travesti garota de programa expõe nas redes cliente que a furtou em motel

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


A travesti Dayane Larraya Rios, que trabalha como garota de programa na Praia Grande, no litoral sul de São Paulo, usou as redes sociais para expor um cliente que, segundo ela, furtou seus pertences no último domingo, 8, em um motel, após um programa.

Dayane escreveu em um post que o cliente levou sua bolsa quando ela estava no banheiro. "Ele me pagou, mas quando eu fui ao banheiro, ele levou a minha bolsa com todos os meus pertences e me trancou no motel. Quem puder compartilhar o perfil dele eu agradeço, porque o infeliz pediu para adicioná-lo no Facebook e ainda me roubou. Que bonito", desabafou.

A estratégia deu certo. De acordo com Dayane, a família do cliente entrou em contato com ela e afirmou que vai devolver o valor furtado. Por isso, a travesti apagou todos os posts referentes ao caso nas redes sociais. E também decidiu não registrar boletim de ocorrência.

"Que meu caso sirva de exemplo. Isso serve para que qualquer pessoa. Não deixe os pertences no quarto enquanto não estiver, porque fui usar o banheiro e fui roubada e trancada. Ainda por cima interfonei no hotel e demoraram 20 minutos. Ele saiu sozinho e ninguém falou nada. E se ele tivesse me matado?", questionou Dayane.

Notícia



Holiday vira presidente da Comissão da Criança e Adolescente da Câmara de SP

No centro de polêmicas envolvendo a rede de ensino municipal, o vereador Fernando Holiday (DEM), do Movimento Brasil Livre, foi eleito nesta quarta-feira, 26, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal...