Fases distintas de Cruzeiro e Fla não abalam otimismo do goleiro Fábio para duelo

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


As fases distintas vividas por Cruzeiro e Flamengo não preocupam o experiente goleiro Fábio, do time mineiro, para o confronto de sábado, às 17 horas, no Mineirão, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube carioca lidera a competição e está na semifinal da Copa Libertadores, enquanto os cruzeirenses ocupam a 17.ª colocação na competição nacional, a primeira da zona de rebaixamento, e anteriormente foram eliminados no torneio continental e também na Copa do Brasil.

"As duas equipes são grandes, vencedoras. No Flamengo as coisas vêm fluindo de uma forma muito boa, por mérito e trabalho dos jogadores e do treinador. No Brasileiro são sempre jogos difíceis, independentemente da situação da equipe na tabela. O Flamengo tem a ciência e respeita a história dos jogadores que estão aqui, porque até há pouco tempo muitos se enfrentaram em decisão de Copa do Brasil, mata-mata da Libertadores. É um grande jogo. Vamos estar apoiados pelo nosso torcedor. Esperamos que a gente possa fazer um jogo à altura da camisa do Cruzeiro para conseguirmos vencer", disse o arqueiro, de 38 anos e há 15 temporadas no Cruzeiro, em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira

Para Fábio, enfrentar o Flamengo pode ser uma grande oportunidade de reviravolta no time mineiro em busca de uma grande arrancada no Brasileirão. "A saída é aproveitar a oportunidade que a gente tem de jogar. A melhor coisa que tem no futebol é vestir a camisa, entrar em campo, escutar o torcedor no estádio. Temos essa oportunidade contra o Flamengo, já vivenciamos vários jogos e várias situações, momentos difíceis e em outros que a equipe estava bem, jogando contra o próprio Flamengo. É uma possibilidade nova de entrar em campo e fazer um bom jogo. Temos que entregar na partida o melhor de cada atleta para que a gente possa juntos somar para vencer", destacou. A torcida parece que pensa da mesma forma, pois cerca de 30 mil ingressos já foram vendidos para o jogo deste sábado.

TIME - Embora o técnico Rogério Ceni não tenha dado pistas sobre a escalação cruzeirense durante os treinos desta semana, é provável que o Cruzeiro entre em campo contra o Flamengo com: Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno (Cacá) e Rafael Santos; Henrique, Éderson e Marquinhos Gabriel (Thiago Neves); David, Pedro Rocha e Fred.

Na atividade desta quinta-feira, a principal novidade foi a presença do lateral-direito Weverton, recuperado de lesão na coxa direita. Já o também lateral-direito Edilson e o meia Marquinhos Gabriel não foram a campo e ficaram apenas realizando atividades nas instalações internas da Toca da Raposa.

"Creio que as mudanças de esquema tático, jogadores, são opções do Rogério. Acho que temos que ter uma equipe cada vez mais equilibrada, tanto na parte defensiva quanto ofensiva, para que a gente possa disputar de forma igual contra qualquer equipe, sem se expor em nenhum aspecto e sem ficar também devendo na parte ofensiva", disse Fábio ao comentar o processo de evolução do time cruzeirense.

Notícia